Alimentação: cuidados com adultos e crianças

Imagem

A alimentação de um vegano tem diferenças grandes de uma pessoa que se alimenta de produtos com origem animal. Não chega a ser uma dieta especial, pois não há restrições alimentares, e sim, uma opção de não comer carne em prol da vida dos animais. Mas os produtos consumidos por pessoas que optam pelo veganismo são diferentes e nem sempre encontrados nas prateleiras dos supermercados.

Atualmente, produtos que não tem nenhum tipo de ingrediente animal são encontrados, porém, seus fabricantes não são veganos. Ou seja, apesar de os produtos oferecidos no mercado não conter origem animal, a fábrica também produz produtos que contenham ingredientes animal. Sendo assim, de nada adianta. Por isso a dificuldade em encontrar produtos completamente veganos.

Apesar da dificuldade, se encontra boas opções para aqueles que não comem nada animal: leite condensado de soja, cremes de leite, leite de soja, cacau em pó – que substitui o chocolate em receitas – shoyo para temperar receitas e a própria soja, que pode ser encontrada tanto graúda como miúda.

Quando se fala que alguém é vegano, se pergunta: “Como conseguem viver sem carne. Carne tem proteína!” Para quem é adepto do consumo da carne, o pensamento de que apenas a carne tem proteína é normal. Porém, não sabem que proteína pode ser encontrada em vários outros alimentos. Como substitutos da carne, pode-se consumir sementes e leguminosas, como feijão, soja e grão-de-bico.

Essa substituição de alimentos também é recomendável aos pais que desejam passar aos seus filhos, ainda pequenos, a prática do veganismo. Assim como nos adultos, quando se decidi mudar a alimentação cortando alimentos que contenham vitaminas e proteínas essenciais aos seres humanos, o acompanhamento de um nutricionista se torna primordial.

Até um ano de idade, a criança tem que ter alguma fonte protéica na alimentação. Bebês têm dificuldade de produzir um aminoácido presente no leite materno e nos substitutos do mesmo. Após, os pais devem procurar um nutricionista e seguir uma dieta recomendada para que não falte nutrientes e vitaminas para a criança vegana. Se os pais seguirem corretamente, não haverá problemas posteriores e a criança crescerá forte e saudável.

Abaixo, um quadro mostra os alimentos que devem ser incluídos em uma dieta vegana e algumas dicas para a melhorar a qualidade de vida de quem opta pelo veganismo:

Principais alimentos a serem incluídos

l      Grãos integrais (arroz, aveia, quinua, trigo)

l      Leguminosas (feijão branco, azuki, lentilha, grão de bico, soja)

l      Verduras verde-escuras (suco verde)

l      Castanhas

l      Sementes (linhaça, gergilim, girassol)

l      Frutas (vitamina C)

l      Frutas Secas

l      Linhaça (semente e óleo)

l      Levedo de cerveja

l      Azeite de oliva extra-virgem

l      Óleo de linhaça


Detalhes importantes

l      Deixar os feijões de molho na noite anterior;

l      Aumentar a ingestão de água (kg X 30ml/dia)

l      Aumentar consumo de verduras verde-escuras;

l      Preferir os alimentos crus;

l      Comer de 3 em 3 horas;

l      Exposição ao sol (vitamina D);

l      Não consumir chá e café próximo das refeições;

l      Não consumir leite e derivados após refeições;

l      Controlar o consumo de sal e de proteína

l      Preferir alimentos orgânicos;

l      Lembrem-se: Gordura é essencial para o organismo;

l      Realizar exames de rotina e dosar a B12.

Fonte: http://nutricaovegetariana.wordpress.com/category/entrevistas-e-materias/

Anúncios

Receita da Vovó

Na última sexta-feira, 27 de setembro, fizemos uma degustação de nossos deliciosos cupcakes veganos com os colegas do curso de Jornalismo da Unisinos.  Além de ser muito prazeroso cozinhar, foi gratificante perceber que os colegas gostaram (ou pelo menos demonstraram gostar). Esta receita, que irei divulgar agora, é uma experiência, uma adaptação.

Quando criança costumava comer bolo de milho, preparado na frigideira pela minha vó, com cravo, canela e erva-doce.  Era um sabor diferente e muito marcante, tanto que gravei até o presente momento e resolvi testá-lo nos cupcakes. Além de ser uma receita vegana (livre de ingredientes de origem animal) ao invés de milho, fiz com bolo de laranja. Então preparem-se e mãos à obra. Como não usei medidas, irei tentar resumir a receita em uma média.

Cupcake de Laranja, erva-doce e cravo

Cupcake de Laranja de Cravo e erva-doce

Ingredientes

– 400g de Farinha pronta sabor laranja (Quem quiser pode preparar com farinha normal e suco de laranja);

– 5 cravos;

– 1 colher de sopa erva-doce;

– 200ml de leite de coco;

– A farinha pronta de laranja já vem com açúcar e fermento, caso opte pela segunda opção, use uma xícara de açúcar e duas colheres de chá de fermento em pó;

– Água conforme necessidade, além do leite de coco.

Modo de Preparo

Misture a farinha com o leite de coco, acrescente um pouco de água, até adquirir uma consistência ideal (um pouco mais grossa que um leite condensado). Use um pilão ou outro equipamento que triture o cravo e a erva-doce, claro que não precisa transformá-lo em pó, alias gostoso mesmo é sentir os pedacinhos dentro do bolo. Misture as especiarias à massa. Coloque-a nas forminhas de cupcakes e leve ao forno que deve estar pré-aquecido em uma temperatura média-alta (sim, meu fogão tem diversas temperaturas, essa não é nem a do meio e nem a última, de 1 a 5, essa seria a 3.

Recheio e Cobertura

– 200g de chocolate em barra;

– 1 caixa de creme de soja Soymilk;

Modo de Preparo

Derreta o chocolate em banho-maria e acrescente o creme de soja. Não tem segredo é muito fácil. =)

Obs: Além do chocolate, você pode utilizar outras opções de recheio como pedacinhos de goiabada, cereja em calda e ainda decorar com chantilly vegano.

Pavê para comer!!!!

ImageE aqui estamos, mais uma vez com uma receitinha bem gostosa.
Daí você me diz: “Meus Deus, tenho um jantar e não sei o que vou oferecer de sobremesa! O que eu faço?”

EU TENHO A SOLUÇÃO!!!!

Que tal oferecer um pavê de chocolate?
Ninguém recusa bom doce de chocolate!
Bom, novamente, fiz algumas alterações e utilizei o mesmo creme que usamos nos nossos Cupcakes de Laranja.
O açucar também pode ser o refinado, porém, creio que não fique tão gostoso como quando utilizamos o demerara.
A opção de utilizar chocolate ou não é opcional. Não utilizei chocolate. Apenas o cacau em pó. Mas é você que escolhe.
Também não coloquei nem o rum, nem o Nescafé, mas fique a vontade para inventar e dar o seu toque na receita.

E agora, com você…..

Tchan, tchan, tchan….

Pavê de chocolate!

Ingredientes:

• Bolacha maisena 100% vegetal 1 pacote (Marilan)
• Leite de soja 1 litro
• Cacau em Pó 2 colh.
• Açúcar demerara 1 ½ xíc.
• Maisena 5 colh. Sopa rasas
• Suco (sua preferência) 250 ml
• Chocolate meio amargo 1 xíc.
• Opcionais: 1 colh. sopa de Nescafé
• 1 cálice de rum ou licor de sua preferência

Modo de fazer:
Em uma panela, dissolva maisena em um pouco do leite de soja. Após, acrescente o cacau, o açucar e o chocolate. Deixe no fogo até engrossar. Em fogo baixo, mexa até ficar cremoso. Deixe esfriar um pouco. Em forma refratária arrume camadas de creme e bolacha embebida no suco. Enfeite com lasquinhas de chocolate meio amargo ou castanha de caju.

Difiícil?
Não, né?

Então, aproveite e faça antes das visitas chegarem!